PÁTRIA ATRAVESSADA: UMA VIAGEM POR DENTRO DA EXPOSIÇÃO ITINERANTE “VIVA A REPÚBLICA! …EM DIGRESSÃO”

O ENREDO
Entre Setembro de 2010 e Julho de 2011 Portugal foi assolado por um terrível flagelo. Pior que o Ano da Peste Negra ou que as participações portuguesas no Festival Eurovisão da Canção, este período ficou na história das catástrofes por ter sido aquele em que foram transmitidas séries televisivas como “Diários do Vampiro”, 90210, Gossip Girl e Glee.

Felizmente para todos nós, também existiram coisas boas. Entre elas há a destacar a exposição itinerante “Viva a República! …em digressão”, que durante cerca de um ano percorreu Portugal, de norte a sul, para assinalar as comemorações do Centenário da República.

Aos que tiveram a sorte de nos visitar em Vagos, em Castro Verde, em Oliveira de Frades, em Fafe e em tantas outras terras, este livro irá dar a conhecer os bastidores deste projecto. Aos que não tiveram oportunidade, encontramos-nos daqui a cem anos. Esperemos que em condições melhores.

A BASE
Tal como o título indica, este livro não teria sido possível sem a realização desta exposição e sem o convite que me fizeram para participar nela. A ideia de escrever sobre as experiências que vivíamos em tour foi quase imediata, mas a vontade de passar os pensamentos para o papel demorou um bocado a surgir.

O manuscrito final está neste momento a ser avaliado em várias editoras. Se algumas delas (ainda) pegar nisto, óptimo. Caso contrário, estou a estudar formas de não ficar com isto na gaveta.

Enquanto isto não chega às bancas, entretenham-se com as primeiras quatro entradas.

Benavente – MANHÃ INAUGURAL

Rio Maior – A TERRA DO ZÉ

Chamusca – AMIGOS DO OCULTO E DO ALHEIO

Vagos – CAPITAL BICLA DA REGIÃO CENTRO

Actualização (Julho de 2013): Já não é bem uma novidade – eu é que me esqueci de actualizar isto – mas sabem que podem adicionar este livro à vossa estante do Goodreads ou descarregá-lo a partir do Smashwords, não sabem?

E não se esqueça. Se gostou deste artigo, partilhe-o e/ou deixe o seu comentário. Será bem vindo.

Anúncios

Sobre Joel G. Gomes

Escritor, guionista e cronista. Autor dos romances "Um Cappuccino Vermelho" e "A Imagem". Autor do livro 'Um Cappuccino Vermelho'. Guionista das curtas-metragens 'O Atraso' (realizada por David Rebordão) e 'A Chamada' (realizada por Vasco Rosa). Cronista regular nos jornais O Rio, Jornal do Barreiro, O Primeiro de Janeiro, Jornal da Bairrada e, menos regularmente, nos jornais Voz da Póvoa e Jornal do Alto Alentejo.
Esta entrada foi publicada em Ensaios / Crónicas com as etiquetas , , . ligação permanente.

Muito obrigado pelo seu comentário. Note que esta é uma mensagem automática, por isso estou a agradecer um pouco às cegas. Quero acreditar que o bom gosto que o/a trouxe aqui se estende à qualidade do seu discurso.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s